segunda-feira, 8 de setembro de 2008

DEIXE VIR A MIM OS PEQUENINOS







Queridos, por toda essa semana estive participando de um seminário ministrado por brasileiros, num centro de missões aqui de Angola chamado Aliança Evangélica., com o objetivo de trazer um despertar da necessidade da Igreja assumir a responsabilidade para com os pobres, os órfãos, as viúvas para viver de fato o Reino.

Pude conhecer muitos missionários, e irmãos das outras denominações, isso foi lindo, ver a mão de Deus trazendo uma unidade incrível, movendo um ambiente de amor entre todos apesar das diferenças, mas com o coração em comum disponível para amar e servir. Deus realmente está agindo, provocando unidade, Ele realmente está interessado em trazer um tempo totalmente profético onde os Seus pequeninos estejam acolhidos.

Dentro da parte prática do curso, fomos separados por equipes, com 5 participantes. Recebemos 1.000,00 Kwanzas (moeda local). Mas não pensem que mil kwanzas são como R$1.000,00, na realidade seria em torno de R$ 20,00. Teríamos que fazer um impacto na comunidade usando apenas esse recurso financeiro, a equipe de 5 integrantes e toda criatividade possível. Cada equipe fez um impacto diferente, mas nossa equipe, ao sair às ruas para observar a necessidade da comunidade, saltou aos nossos olhos o grande numero de crianças soltas nas ruas, sem nenhum tipo de atividade, literalmente sem ter o que fazer. Diante do texto de Marcos 5, reconhecemos a ótima oportunidade de facilitar o encontro dessas crianças com Jesus, fazendo um cultinho com brincadeiras, ministração com fantoches, pipoca(a única coisa que deu para compramos com o dinheiro)., muita musica com louvorzão onde elas participaram ativamente, com os olhares curiosos dos gestinhos que as musicas pediam, até toquei violão acreditam?hihihi

Cada criança ali, era vista aos nossos olhos como nosso grande tesouro, é o que elas são.

As vezes, chamamos o avivamento e o idealizamos de uma forma que não nos traga nenhum compromisso, ou que venha sem esforço, que simplesmente venha uma chuva de fogo e bang, tudo novo se fará!. Precisamos nos dar conta que Deus se manifesta em pequenas coisas e principalmente através de ações de amor. Em cada sorriso de uma criança violentada pelos pais, em cada abraço que pode trazer cura, em cada semente de amor que podemos plantar em cada coraçãozinho. Deus ama tanto quando a Igreja acolhe os necessitados, que é justamente em meio a eles, considerados pequeninos diante do homens que temos visto Deus se manifestar com grandes coisas, poderosas manifestação.

Pudemos viver isso nessa manhã, um grande milagre, também relatado no texto bíblico que escolhemos como tema para nossa atividade. Multiplicação! Havíamos previsto cerca de 100 crinças, então compramos 100 saquinhos de pipoca. Mas as espectativas foram superadas, apareceram , 250 crianças (que pudemos contar). Então, oramos, não poderíamos levantar outros recursos finaceiros segundo as regras da atividade, para que fosse mostrado a todos que não +e necessirio muito para fazer um impacto que gere frutos de vida. Então, diante da situação onde a pipoca não daria para todos, oramos pedindo a Deus sua ação multiplicadora. Seria muito frustante para aquelas crianças, se apenas 100 comessem e os outros 150 ficassem com fome. O fato é que tiramos as pipocas dos saquinos e os jogamos numa bacia, fomos colocando as pipocas em copinhos e cada criança que recebia, diante do sorrizo que nos davam, nos enchia de vida. Humanamente, seria impossível, dar pipoca a todos, mas quando estamos disponíveis a trazer o Reino, em ações de amor, Ele transforma o natural em sobrenatural. Quanto mais distribuíamos as pipocas, mas notávamos que a bacia continuava cheia. Começamos a notar que as crianças repetiam e a bacia não se esvaziava. Dízimos entre nós “meus Deus, não acaba nunca”. Espalhamos a noticia que ainda estava sobrando pipoca mesmo depois deles saírem do local, a bacia não esvaziava. A pipoca só acabou quando aquelas 250 crianças param de pedir e estavam satisfeitas.

O resultado da mão de Deus agindo é sempre uma surpresa. Todas as equipes decidiram continuar o trabalho naquela comunidade chamada Morro Bento, formando uma equipe interdenominacional (um grande milagre), onde uma vez por mês , nos reuniremos para amar, orar e servir os pequeninos e também levar o amor de nosso amado Jesus aos hospitais.

A todos que nos acompanham e eram por nós, muito obrigada. Que cada um possa viver o “vá e faça mais do que fiz”. Que venha nós, o Teu Reino.



1 comentário:

Flavio disse...

Que lindo isso que está acontecendo ai, Deus é maravilhoso e perfito pois não tinho que ser diferente pois tudo que fazemos enbaixo da sua graça e muito abençoado e ai tem pessoas especiais que foram escolida a dedo claro que o dedo de "DEUS" quero manifesta a minha alegria e dizer que ELE está no controle de tudo e que isso que estamos vendo e só uma pontinha do que tem preparado para nos. Quero deixar um recado do fundo do meu coração para DINA,JOÃO,IVONE E TODOS QUE SE ENGANJARAM NESSA LUTA QUE DUES OS ABENÇOE TODOS OS DIAS,POIS AQUI ESTOU TODOS OS DIAS E EM TODAS MINHAS ORAÇÕES PESSO QUE DEUS POSSA A CADA DIA ESTA ABRINDO AS PORTAS E QUE O INIMIGO NUNCA VENHA CONTRA VOCÊS QUE ACAMPE SEUS ANJOS SOBRE CADA UM DE VOCÊS AMEM. VOU TERMINANDO COM MUITA ALEGRIA E SAUDADE DE VOCÊS FIQUEM COM DEUS.

FLAVIO E CRISTINA
GLORIA A DEUS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!